Líder do Bairro Orestes Borges visita Santa Casa de Misericórdia de Santa Fé

15/03/2017 17:22

Na manhã de terça-feira (14), a Santa Casa de Misericórdia de Santa Fé do Sul recebeu a visita da líder do Bairro Orestes Borges, Sandra Mara Miani Cardoso. A munícipe veio até a entidade com o intuito de conhecer de perto a situação financeira da Santa Casa, como também as instalações da mesma, e expor suas opiniões sobre a prestação de contas à sociedade. Sandra foi recepcionada pelo gestor assistencial Adilson Arruda Ramin, pela gerente de faturamento Rosimei Paulon e por José Biscassi, provedor da Santa Casa.

De acordo com Sandra sua visita partiu de um convite feito pelo doutor Luís César e por Adilson Ramin, “o convite de ambos partiram após um debate em uma página sobre politica no Facebook, onde comentei que a Santa Casa é um buraco sem fundo, o convite não se estendeu somente a mim, mas a todos os munícipes que queiram ver como a Santa Casa funciona, onde e como o dinheiro arrecadado é empregado”, disse.

Em companhia de Adilson, Sandra pode conhecer os setores da Santa Casa, como são gerenciados e os custos gerados mês a mês, podendo assim esclarecer vários questionamentos levantados pela munícipe, “é de tamanha importância que a população venha conhecer o nosso trabalho, com a Sandra pudemos mostrar um pouco do funcionamento hospitalar, como também o que precisa ser feito em relação à manutenção e equipamentos que estão quebrados”, disse Adilson.

Segundo a líder comunitária, ter tirado um tempo de seu dia para conhecer melhor a Santa Casa foi muito aproveitável, “a visita valeu a pena, o dinheiro vem, sabemos que vem por meio de recursos, deputados, ajuda da população, mas hoje, olhando pelo olhar da administração, vi que não está suprindo. A Santa Casa tem gastos e não supre, realmente o déficit está sendo maior”, disse Sandra.

Outro ponto exposto foi a questão da transparência da entidade para com os munícipes, mostrar de uma maneira mais fácil quanto é arrecadado e quanto é gasto mensalmente na Santa Casa. Porém em relação à transparência a Santa Casa está se empenhando para levar aos munícipes um balanço mensal de suas receitas e despesas, como também a instalação de um novo programa, que viabilizará o Portal da Transparência em tempo real, “estamos sim tentando levar a transparência da nossa entidade para todos, no início de março o O Jornal e o Jornal Regional publicaram o balanço referente a 2016, agora buscamos um novo sistema onde diariamente tudo que entrar e sair em relação a finanças será lançado em tempo real no Portal da Transparência, trabalhamos para o melhor de nossa Santa Casa e convido a todos os munícipes para nos visitarem e conhecerem melhor o dia a dia da entidade”, finalizou o provedor José Biscassi.

DSCN4576